Portaria e controle de acesso

Apesar de serem muito semelhantes em tese, há diferenças no que se refere às funções específicas dos serviços de portaria e controle de acesso. É muito comum, especialmente em casos onde a estrutura é pequena e há um baixo fluxo de pessoas, que um único funcionário realize ambas as funções. Muitas vezes isto acaba causando uma confusão em relação ao entendimento comum das especificidades e diferenças de cada serviço. Entretanto, este desentendimento é compreensível dado que a ocupação de controlador de acesso sequer era mencionada na Convenção Coletiva de Trabalho de 2011.

Se tomarmos um condomínio residencial como exemplo, poderíamos definir os principais encargos do porteiro sendo:

  • O recebimento e a distribuição adequada da correspondência;
  • A transmissão das ordens recebidas do zelador;
  • O repasse de informação sobre qualquer incidente ocorrido durante seu expediente;
  • A fiscalização da entrada e saída de indivíduos (aqui se trata mais de controle de acesso especificamente);
  • O controle de portaria.

Já o controlador de acesso propriamente dito possui funções muito mais específicas. Sendo ele o principal responsável pela fiscalização de entrada e saída, deve realizar a identificação de toda e qualquer pessoa que busque entrar na área controlada, verificar se há autorização prévia ou não para tal e repassar as informações ao porteiro. Caso não haja autorização prévia, por exemplo, o controlador deverá obter todos os dados e repassar as informações ao porteiro que, por sua vez, tomará as providências necessárias para autorizar ou não a entrada.

Como citado anteriormente, é comum que ambas as funções, de portaria e controle de acesso, sejam executadas por um mesmo funcionário. Entretanto, quando se trata de grandes condomínios, empresas, complexos industriais, enfim, estabelecimentos com fluxo de passantes muito elevado, um único funcionário responsável por tudo seria sobrecarregado e, por consequência, incapaz de prover a segurança e o controle necessários. Portanto, é preciso que as funções sejam devidamente divididas entre profissionais especializados para que se obtenha um serviço completo de qualidade.

Como e quem contratar?

Independentemente de qual seja a sua necessidade, é natural que busquemos profissionais qualificados e competentes para o serviço desejado. Quando falamos em contratar porteiros e controladores de acesso, não é possível pensar diferente. É fundamental que se encontre profissionais com treinamento e experiência na área para garantir a eficiência e segurança de seu trabalho.

Podemos tomar como referência na área o Grupo IF3, uma holding de empresas especializada em gestão de multisserviços que oferece, desde o planejamento à execução completa, os mais altos padrões de qualidade em serviços de portaria e controle de acesso.


Portaria e controle de acesso


Portaria e controle de acesso

Todos os direitos reservados GRUPO IF3 2017.

Otimizado por